moked/מוקד

il portale dell'ebraismo italiano

BECHOL LASHON Português – Crocodiles

DI MARTINOPor Eliezer Di Martino*

Geralmente as traduções comuns dizem que a vara que Aharon atirou para o Faró se transformou numa cobra.
Esta tradução não está correta!
A palavra usada é Tanin, não NaHash. NaHash é uma cobra. Quando Moshe foi abordado pela primeira vez, a sua vara se transformou numa cobra, uma criatura que simboliza o desejo do mal, o famoso Yetzer haRá. A mensagem era que D’us é poderoso e pode mudar quando quiser uma vara para uma força do mal – e vice-versa. Mas quando a vara foi atirada na frente de Faraó, uma lição diferente estava a ser ensinada, e se transformou num Tanin, a criatura mencionada por Yechezkel na nossa Haftara:
Fala, e dize: Assim diz o Senhor DEUS: Eis-me contra ti, ó Faraó, rei do Egito, grande Tanin, que pousas no meio dos teus rios, e que dizes: O meu rio é meu, e eu o fiz para mim. Mas eu porei anzóis em teus queixos, e farei que os peixes dos teus rios se apeguem às tuas escamas; e tirar-te-ei do meio dos teus rios, e todos os peixes dos teus rios se apegarem às tuas escamas. E te deixarei no deserto, a ti e a todo o peixe dos teus rios; sobre a face do campo cairás; não serás recolhido nem ajuntado; aos animais da terra e às aves do céu te dei por mantimento. E saberão todos os moradores do Egito que eu sou o Senhor, porquanto se tornaram um bordão de cana para a casa de Israel. Ezequiel 29:3-6

Qual é o grande Tanin que se encontra nos rios do Egito? É o crocodilo do Nilo. Esta besta incrível cresce até mais de 6 metros de comprimento e foi o maior predador no Egito. Os Crocodilos são responsáveis por mais mortes humanas do que qualquer outro animal de grande porte. Também eles podem matar leões, búfalos, girafas e até tubarões. O crocodilo era o rei do Nilo. Os Egípcios embalsamavam centenas deles como múmias, envolviam-nos em tiras de pano, assim como eles faziam para os seres humanos. Ainda hoje, o crocodilo no Egito é considerado um símbolo de poder, e aparece em murais celebrando a “vitória” do Egipto sobre Israel na guerra de Yom Kippur. Na profecia de YeHezkel, o Faraó, governante humano do Egito, aparece como o grande crocodilo, governante do Nilo. Quando Aharon atirou a vara, esta se transformou num Tanin. A palavra significa “uma criatura serpentina”. Às vezes, essa palavra pode na verdade se referir a uma cobra. Mas, neste caso, ela se refere a uma criatura serpentina diferente, o crocodilo, símbolo de Faraó.

E, com os acontecimentos que se seguiram, ensinou-nos, assim, uma poderosa lição:
O Santo disse : Esta pessoa malvada vangloria-se e chama-se a si mesmo crocodilo, como está escrito: “O grande crocodilo … ” ( Yehezkel 29:3 ) . Vá e diz-lhe: “Vê esta vara, é um pedaço de madeira seca; tornar-se-á num crocodilo com vida e alma e engolirá todas as outras varas, e é destinado a reverter-se no mesmo pedaço de madeira seca. O mesmo é verdade para ti, eu criei-te duma gota pútrida e dei-te um império e tu te vangloriaste e disseste: ‘o meu rio é meu, e eu o fiz para mim mesmo. ” Eis que eu hei de te tornar de volta ao caos e ao nada. Tu engoliste todas as varas das tribos dos filhos de Israel , eis que vou fazer com que tu vomites tudo o que engoliste … ” ( Yalkut Shimoni , Shemot 7:181 ) .

A vara se transformou no poderoso crocodilo, capaz de consumir outros. Mas quando Aharon pegou na vara , ela retornou a ser uma vara sem vida. Essa foi a lição para Faraó : Não te empolgues com a ideia de ser um poderoso governante . Tu vieste do nada e deverás retornar ao nada. E percebe que todo o sofrimento que foste capaz de infligir nos filhos de Israel foi unicamente possível porque Hashem quis. Tu não és nada mais do que um pedaço de madeira seca, uma ferramenta nas mãos de Deus. O crocodilo pode de facto ser o Rei do Nilo – mas está sujeito ao Rei dos Reis.

Mas voltando à Haftará, lemos:
”…o grande Tanin, que pousas no meio dos teus rios, e que dizes: O meu rio é meu, e eu o fiz para mim.”
E explicou o Malbim (Comentarista Ashkenazi do seculo 19, da atual Ucrânia) “os egípcios acreditavam que o rio Nilo era santo e que os grandes crocodilos que ali havia fossem divinos e que houvesse um maior de todos que governava sobre todos os outros e se criou a si mesmo e ao Nilo e o comparavam ao Faraó …”
Esta arrogância se reflete também no sonho do Faraó que Yossef interpreta:
… Faraó sonhou, e eis que estava em pé junto ao rio. Gênesis 41:1
E também nas palavras do Faraó na perashá da semana passada:
Mas Faraó disse: Quem é o Senhor, cuja voz eu ouvirei, para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor…. Êxodo 5:2
Em resposta a isto, Ezequiel na nossa Haftará menciona cinco vezes a expressão “e saberão que eu sou Deus”, no contexto da punição aos egípcios. Nisto Yehezkel concorda com Moisés que o alvo das pragas do Egito é o que lemos em várias passagens:
Então os egípcios saberão que eu sou o Senhor,…Êxodo 7:5
… Nisto saberás que eu sou o Senhor…Êxodo 7:17
…para que saibas que eu sou o Senhor no meio desta terra. Êxodo 8:22

Podemos ver Uma Expressão prática destas declarações de que Deus também controla o Nilo e o Tanin (Faraó) no sinal que Deus ordenou a Moisés de fazer perante o Faraó
Toma a tua vara, e lança-a diante de Faraó; e se tornará em Tanin. Êxodo 7:9
Nas palavras do Midrash: “Porque lhe disse o milagre do crocodilo? Porque Faraó parecia um crocodilo…” (Shemot Raba 9, 2).
Neste contexto devemos entender o enigma na porção da criação. A Torá especifica que Deus criou insetos, aves, animais, feras. Nenhum ser vivente é mencionado pelo seu primeiro nome, exceto:
E Deus criou os grandes Taninim…Gênesis 1:21.
Porque os crocodilos mereceram tal honra especial? E porque especificar a criação destes, se o versículo continua dizendo:
e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies;…Gênesis 1:21
Acaso os crocodilos não fazem parte dos animais que infestam as águas? De acordo com o que foi dito que o crocodilo é sinal Poder Divino, ” que governava sobre todos os outros e se criou a si mesmo…” (nas palavras Malbim acima) a ênfase compreensível. A Torá diz explicitamente que Deus criou também os crocodilos, e que realmente o crocodilo não governa sobre todos e não é causa de si próprio. Deus é o Deus supremo o único que é ” causa de si ” é apenas Ele é o governador de todos, incluindo os maiores crocodilos.
Portanto contra a arrogância do Faraó que diz: “O Meu rio é meu e o fiz para mim”, o judeu diz,
“דעו כי ה’ הוא אלוקים הוא עשנו ולא אנחנו” (תהילים ק-ג)
Sabei que o Senhor é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; Salmos 100:3
O texto diz ” não nós” e devemos ler “e Dele somos nós”.
הכתיב “ולא אנחנו” והקרי “ולו אנחנו
Porque quando tomamos consciência de que não fomos nós que criamos a nós mesmos, portanto “Dele somos nós”, então afirmaremos “…o Senhor é bom, e eterna a sua misericórdia; e a sua verdade dura de geração em geração. Salmos 100:5.

*O rabino Eliezer di Martino é o rabino-chefe de Trieste